A artrose é uma condição comum que afeta as articulações, incluindo as mãos. No entanto, trata-se de uma doença do qual as pessoas ainda não possuem o devido entendimento.

    Afinal de contas, a grande maioria sequer sabem o que é ou mesmo quais são os possíveis sintomas e tratamentos.

    No entanto, a artrose nas mãos pode causar dor, rigidez e diminuição da capacidade de realizar atividades diárias.

    Neste artigo, vamos discutir tudo o que você precisa saber sobre artrose nas mãos, incluindo suas causas, sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção. Gostou? Então é só continuar a sua leitura!

    O que é artrose nas mãos?

    Em suma, a artrose, também conhecida como osteoartrite, é uma condição degenerativa que afeta as articulações.

    Ela ocorre quando a cartilagem que protege as extremidades dos ossos se desgasta, causando atrito entre os ossos.

    No entanto, com o tempo, esse atrito pode causar danos aos ossos e articulações, levando a dor, inflamação e limitação dos movimentos.

    Quais são as causas da artrose nas mãos?

    Quais são as causas da artrose nas mãos
    Quais são as causas da artrose nas mãos

    Na verdade, isso pode variar de acordo com diversos fatores, uma vez que existem diversas causas. Mas, dentre as principais, podemos mencionar:

    Envelhecimento

    A artrose é mais comum em pessoas mais velhas, devido ao desgaste natural das articulações ao longo do tempo.

    Sobrecarga

    A sobrecarga repetida nas mãos, como movimentos repetitivos, pode levar ao desgaste da cartilagem nas articulações.

    Lesões

    Lesões nas mãos, como fraturas ou ligamentos rompidos, podem aumentar o risco de desenvolver artrose nas mãos.

    Predisposição genética

    A artrose pode ser uma condição hereditária, ou seja, pode ser transmitida de geração em geração.

    Sintomas da Artrose nas Mãos

    Os sintomas da artrose nas mãos podem variar de leves a graves, mas costumam ser os seguintes:

    Dor

    A dor nas articulações é um dos sintomas mais comuns da artrose nas mãos. A dor pode ser leve ou intensa, e pode piorar com a atividade.

    Rigidez

    A rigidez nas mãos é outro sintoma comum da artrose nas mãos. A rigidez pode tornar difícil a realização de atividades diárias, como pegar objetos.

    Inchaço

    A artrose nas mãos pode causar inchaço e inflamação nas articulações afetadas.

    Deformidade

    Com o tempo, a artrose nas mãos pode levar à deformidade das articulações, tornando os dedos tortos ou curvos.

    O que piora a artrose nas mãos?

    A artrose nas mãos pode ser agravada por diversos fatores, bem como:

    1. Uso excessivo das mãos em atividades repetitivas, como digitação ou tocar um instrumento musical;
    2. Lesões nas mãos, que podem acelerar o desgaste das articulações;
    3. Excesso de peso, que pode sobrecarregar as articulações das mãos;
    4. Fumar, que pode prejudicar a circulação sanguínea e aumentar a inflamação nas articulações;
    5. Falta de exercícios para as mãos, que podem levar à fraqueza muscular e agravar a rigidez nas articulações.

    A nossa dica é evitar esses fatores para ajudar a prevenir o agravamento da artrose nas mãos e buscar tratamento médico adequado caso os sintomas persistam.

    Diagnóstico da Artrose nas Mãos

    O diagnóstico da artrose nas mãos é feito através de uma combinação de exames físicos e radiográficos, por exemplo.

    Então, se o seu médico suspeitar de artrose nas mãos, ele pode solicitar uma radiografia para avaliar a extensão do dano nas articulações.

    Qual exame detecta artrose nas mãos?

    O diagnóstico geralmente é feito por um médico especialista, como um reumatologista ou um ortopedista, após uma avaliação clínica e exames de imagem.

    Alguns dos exames mais comuns para diagnosticar a artrose nas mãos são:

    1. Radiografia: a radiografia é o exame mais comum para diagnosticar a artrose nas mãos. O exame pode mostrar o desgaste da cartilagem e a presença de esporões ósseos nas articulações afetadas.
    2. Ressonância magnética: a ressonância magnética é um exame mais sensível que a radiografia e pode mostrar detalhes das estruturas ósseas e dos tecidos moles das mãos.
    3. Ultrassonografia: a ultrassonografia pode ajudar a identificar alterações nas articulações e nos tecidos moles das mãos.
    4. Exames de sangue: exames de sangue podem ajudar a identificar outras condições que possam estar causando a dor nas mãos, como a artrite reumatoide.
    5. Artroscopia: a artroscopia é um exame mais invasivo que pode ser usado para examinar as articulações das mãos e confirmar o diagnóstico de artrose.

    Devemos mencionar ainda que cada caso de artrose é único e o médico especialista pode solicitar outros exames para confirmar o diagnóstico e avaliar a extensão da doença nas mãos.

    Tratamento da Artrose nas Mãos

    O tratamento da artrose nas mãos pode variar de acordo com o problema que o paciente enfrenta. Mas, no geral, os tratamentos mais comuns costumam ser:

    Medicamentos

    Medicamentos, como analgésicos e anti-inflamatórios, podem ajudar a aliviar a dor e a inflamação. No entanto, isso apenas ameniza os sintomas, e não necessariamente o problema em si.

    Por conta disso, o melhor é sempre manter o acompanhamento médico, para que ele possa analisar o seu caso de perto.

    Injeções de corticosteroides

    Injeções de corticosteroides diretamente nas articulações afetadas podem ajudar a aliviar a dor e a inflamação.

    Aparelhos ortopédicos

    O uso de aparelhos ortopédicos, como tala ou órtese, pode ajudar a aliviar a dor e a prevenir danos adicionais às articulações.

    Cirurgia

    Em casos graves de artrose nas mãos, a cirurgia pode ser necessária para substituir a articulação danificada.

    Prevenção da Artrose nas Mãos

    Embora nem sempre seja possível prevenir a artrose nas mãos, existem algumas medidas que podem ajudar a reduzir o risco, tais como:

    Manter um peso saudável

    O excesso de peso pode aumentar o risco de desenvolver artrose nas mãos, portanto, manter um peso saudável pode ajudar a prevenir a doença.

    Evitar sobrecarga

    Evitar atividades que sobrecarregam as mãos, como movimentos repetitivos, pode ajudar a prevenir a artrose.

    Exercitar as mãos

    Exercícios para fortalecer os músculos das mãos podem ajudar a prevenir a artrose. Por isso, acaba sendo uma das melhores formas de prevenir o problema.

    Qual o melhor exercício para artrose nas mãos?

    Existem diversos exercícios que podem ajudar a aliviar a dor e a rigidez causadas pela artrose nas mãos. Entre os mais recomendados pelos especialistas estão:

    1. Alongamento dos dedos: estenda os dedos o máximo que puder e mantenha a posição por alguns segundos. Em seguida, faça o mesmo movimento com os dedos fechados em forma de punho.
    2. Exercício de pinça: pressione uma bola de borracha ou um pedaço de espuma com os dedos e mantenha a pressão por alguns segundos. Repita o movimento várias vezes.
    3. Movimentos circulares: faça movimentos circulares com os dedos, começando pelo polegar e seguindo em direção aos demais dedos. Repita o movimento várias vezes.
    4. Exercícios com elástico: utilize um elástico para fortalecer os músculos das mãos. Enrole o elástico nos dedos e abra e feche as mãos, esticando o elástico.
    5. Exercícios de resistência: utilize um objeto pesado, como um peso de mão, para fortalecer os músculos das mãos. Segure o objeto com a mão e levante-o várias vezes.

    Devemos lembrar ainda que, antes de iniciar qualquer tipo de exercício, é de grande importância consultar um médico ou um fisioterapeuta para obter orientações específicas e evitar lesões ou agravamento dos sintomas.

    O que a pessoa com artrose não pode fazer?

    O que a pessoa com artrose não pode fazer
    O que a pessoa com artrose não pode fazer

    Pessoas com artrose devem evitar atividades que possam sobrecarregar as articulações afetadas e piorar a dor e a inflamação. Entre as atividades que devem ser evitadas ou praticadas com moderação estão:

    1. Atividades repetitivas: evite atividades que envolvam movimentos repetitivos com as mãos, como digitação ou tocar um instrumento musical.
    2. Levantamento de peso: evite levantar objetos pesados com as mãos, pois isso pode sobrecarregar as articulações e piorar a dor.
    3. Esportes de impacto: evite esportes que envolvam impacto nas mãos, como boxe ou tênis, pois isso pode piorar a inflamação nas articulações.
    4. Posturas incorretas: evite posturas incorretas que possam sobrecarregar as mãos, como ficar muito tempo apoiado nas mãos ou em posição curvada sobre a mesa.
    5. Atividades que exigem muita força: evite atividades que exijam muita força nas mãos, como martelar ou empurrar objetos pesados.

    O que uma pessoa com artrose não pode comer?

    Não existe uma dieta específica para pessoas com artrose, mas existem alguns alimentos que devem ser evitados ou consumidos com moderação, pois podem piorar a inflamação e a dor nas articulações.

    Um exemplo disso são os alimentos industrializados, como salgadinhos e bolachas, que geralmente contêm gordura trans, o que pode aumentar a inflamação no corpo.

    A carne vermelha também contém uma substância chamada purina, que pode aumentar os níveis de ácido úrico no sangue e piorar a inflamação nas articulações.

    Além disso, alimentos ricos em açúcar podem causar inflamação no corpo e contribuir para o ganho de peso, o que pode sobrecarregar as articulações.

    Mas, não há como deixar de falar que o consumo excessivo de álcool pode aumentar a inflamação no corpo e piorar a dor nas articulações.

    Alimentos processados, como salsichas e presuntos, geralmente contêm conservantes e aditivos que podem piorar a inflamação no corpo.

    Por outro lado, existem alimentos que podem ajudar a reduzir a inflamação no corpo e aliviar a dor nas articulações, como frutas, legumes, grãos integrais, peixes ricos em ômega-3 e nozes.

    Sendo assim, preocupe-se em manter uma dieta equilibrada e variada, evitando alimentos industrializados e ricos em açúcar e gordura trans.

    Além disso, é importante consultar um nutricionista para obter orientações específicas sobre a dieta adequada para o seu caso de artrose.

    Conclusão

    A artrose nas mãos é uma condição comum que pode causar dor, rigidez e diminuição da capacidade de realizar atividades diárias.

    É necessário entender as causas, sintomas, diagnóstico, tratamento e prevenção da artrose nas mãos para minimizar o impacto da doença na sua qualidade de vida.

    Se você suspeita que pode ter artrose nas mãos, consulte um médico para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.

    Perguntas Frequentes sobre artrose nas mãos (FAQs)

    Em relação às dúvidas mais comuns, podemos mencionar as seguintes:

    A artrose nas mãos é uma doença grave?

    A artrose nas mãos não é uma doença fatal, mas pode causar dor e limitações nas atividades diárias.

    É possível prevenir a artrose nas mãos?

    Embora nem sempre seja possível prevenir a artrose nas mãos, manter um peso saudável, evitar sobrecarga e exercitar as mãos podem ajudar a reduzir o risco.

    Qual é o tratamento mais comum para a artrose nas mãos?

    Os tratamentos para a artrose nas mãos incluem medicamentos, terapia física, injeções de corticosteroides, aparelhos ortopédicos e, em casos graves, cirurgia.

    A artrose nas mãos é hereditária?

    A artrose pode ter uma predisposição genética, mas nem todas as pessoas com predisposição desenvolverão a doença.

    Quanto tempo leva para se recuperar da cirurgia de artrose nas mãos?

    O tempo de recuperação da cirurgia de artrose nas mãos pode variar de acordo com a extensão da cirurgia e a saúde geral do paciente, mas pode levar algumas semanas a meses.

    Referências:

    https://www.medicalnewstoday.com/articles/
    https://www.healthline.com/health/osteoarthritis
    https://www.arthritis.org/diseases

    Compartilhe.
    Avatar de Juliana Moraes

    Técnica em registros médicos, dedicada a garantir a gestão eficaz das informações de saúde. No blog MedicodasMaos, exploramos a importância da precisão e eficiência para um atendimento superior ao paciente. Convido você a se juntar a nós nesse diálogo crucial!