Infecção no Dedo da Mão: Como é o tratamento?

Infecção no dedo da mão, também chamada de paroníquia, pode ser causada por uma lesão na pele, sendo a porta entrada de bactérias.

É mais comum entre pessoas que roem as unhas ou as cortam bem rentes, assim como decorrente após um trauma.

No caso de você desconfiar de uma infecção no dedo da mão, o melhor a fazer é consultar um médico especialista em mão, a fim de evitar complicações mais sérias.

Para que você tire todas as suas dúvidas, reunimos aqui as principais perguntas sobre infecção no dedo da mão, e assim, você já vai saber o que fazer!

Infecção no Dedo da Mão o que é?

É uma infecção bacteriana que ocorre no dedo da mão, mais frequentemente na extremidade do dedo e próximo à unha.

Vale lembrar que a pele protege nosso organismo contra a invasão de germes, e sempre que há uma lesão nessa barreira, às bactérias encontram ali uma porta de entrada para acessar os tecidos mais profundos.

Dessa forma, a bactéria penetra sob a pele e causa assim a infecção.

Infecção no Dedo da Mão quais as causas?

A infecção no dedo da mão é devida a uma bactéria, o staphylococcus aureus em 70% dos casos, que penetra sob a pele no momento de uma pequena ferida. 

Muito frequente em pessoas que roem as unhas ou que cortaram as unhas muito curtas, assim como uma picada de inseto.

Geralmente é uma pequena ferida, mínima, até mesmo despercebida, por exemplo, no momento da manicure retirar as cutículas.

Algumas doenças crônicas, como o diabetes, doenças autoimunes ou alguns tratamentos (corticoides e com imunossupressores) favorecem o desenvolvimento das infecções.

Outros fatores de risco incluem:

  • Contato frequente com produtos químicos;
  • Chupar o dedo;
  • Pessoas que trabalham com jardinagem;
  • Ficar com as mãos muito tempo imersas na água.

Infecção no Dedo da Mão quais os sintomas?

A infecção no dedo da mão pode se apresentar e evoluir de acordo com três estágios diferentes:

  • A área inflamada fica quente, inchada e dolorida ao tocar;
  • A dor se torna latente, com um pouco de pus e, às vezes, febre;
  • No terceiro estágio, a infecção se alastra para os tecidos próximos, e causa inflamações ao nível da pele, articulações, tendões e ossos.

Sem tratamento, a infecção no dedo pode causar uma infecção do osso, das articulações ou da pele.

Essas complicações podem, às vezes, em casos extremos, levar a uma amputação parcial do dedo.

Infecção no Dedo da Mão quanto tempo dura?

Na maioria das vezes, de 2 a 3 dias. Mas no caso de paroníquia crônica, pode durar mais de seis semanas.

No entanto, é essencial buscar ajuda médica se:

  • A dor é tão intensa que te impede de dormir;
  • Se você é diabético;
  • Se você tomar corticóides ou imunossupressores;
  • Se você já teve infecções na unha;
  • Se a sua vacinação anti-tetânica não está em dia.

Infecção no Dedo da Mão como é o diagnóstico?

A observação da mão feita pelo médico especialista em mão permite localizar precisamente a infecção no dedo da mão, e seu aspecto avermelhado, quente e inchado é uma ótima indicação.

Quando a pele apresenta uma pequena bolsa de pus e muito dolorida, é sinal que a infecção já está presente há alguns dias.

Em alguns casos, o médico pode solicitar uma radiografia a fim de assegurar que a infecção não migrou em direção aos tecidos vizinhos.

Infecção no Dedo da Mão como é o tratamento?

Em um primeiro momento, é essencial drenar o pus o mais rapidamente possível. Apenas um tratamento precoce permite prevenir eventuais lesões.

No entanto, se o pus drenar espontaneamente, é importante realizar uma boa higiene e assepsia correta.

Além disso, antibióticos podem ser prescritos para combater a infecção, e em casos de dor, o médico pode prescrever analgésicos.

É necessário também verificar se a sua vacinação anti-tetânica está em dia.

Durante o tratamento, recomenda-se não deixar as mãos molhadas, usar luvas para lavar louça ou roupa.

Infecção no Dedo da Mão quando a cirurgia é indicada?

O médico especialista em mão pode recorrer à cirurgia no caso do pus não drenar espontaneamente, ou seja, na presença de um abscesso, sendo necessário fazer uma incisão e uma limpeza da região.

Essa intervenção geralmente é feita sob anestesia local.

Em seguida, a bactéria responsável é identificada em cultura, o que permite ao médico prescrever o tratamento mais adequado.

Quando a cirurgia é indicado, se atente ao tipo de dieta hospitalar que deve usar antes e depois do procedimento. 

Infecção no Dedo da Mão como prevenir?

Para evitar a infecção no dedo da mão, é necessário evitar roer as unhas e as pequenas peles ao redor, evitar remover completamente as cutículas e usar luvas em trabalhos manuais.

Além disso, é preciso sempre tomar cuidado com qualquer ferida no dedo: lavá-la e desinfetá-la várias vezes por dia e usar uma gaze ou algo para se proteger.

O conjunto desses cuidados preventivos são ainda mais importantes se existirem fatores de risco, como diabetes, tratamento com corticoides…

É muito importante seguir todos esses cuidados e ao menor sinal de infecção no dedo da mão, procure o mais breve possível o médico especialista em mão.

Caso contrário, a lesão pode atingir as articulações, ossos e tendões.