Médico das Mãos: Qual Profissional Procurar? Guia Completo

Se você tem uma dor na mão, uma artrose, até mesmo se quebrou, ou qualquer outro tipo de problema, sabe qual médico procurar para tratar suas mãos?

Para te ajudar nessa pesquisa, preparamos aqui um guia completo, com tudo que você precisa saber sobre o que faz um médico especialista em mãos, quais as principais doenças que ele trata e muito mais.

Assim, vai poder esclarecer qualquer dúvida e melhor, encontrar o médico certo!

Qual nome do médico que cuida das mãos?

O médico ortopedista especialista em mãos é o responsável por tratar lesões traumáticas ou não traumáticas, além de tratar doenças degenerativas e deformidades congênitas.

Alguns podem se especializar em cirurgia de mão ou apenas atuar na prevenção e tratamento de problemas e doenças que afetam os tendões, articulações, ossos, músculos e ligamentos.

Apenas lembrando que um ortopedista especialista em mão estudou por pelo menos mais 2 anos, e assim, entende profundamente a região das mãos e punhos.

Esse conhecimento é o que lhe permite oferecer os melhores tratamentos aos seus pacientes.

O que faz um médico ortopedista especialista em mão?

O médico ortopedista especialista em mão é o profissional habilitado em tratar clínica e cirurgicamente as estruturas das mãos até os cotovelos.

Dessa forma, problemas nos ossos, articulações, vasos, tendões e inclusive a questão estética no caso de algum acidente, poderão ser tratados por um médico qualificado em mão.

Confira como é o dia a dia desse profissional:

  • Realiza consultas presenciais e teleconsultas;
  • Realiza diagnósticos;
  • Solicita exames;
  • Estuda os casos clínicos;
  • Define o tratamento;
  • Prescreve medicamentos;
  • Faz todo o acompanhamento do paciente;
  • Realiza cirurgias.

E caso seja necessário, encaminha para outros especialistas, pois em alguns casos, a doença na mão está associada a outra patologia.

Quando procurar um médico ortopedista de mão?

Se você sente dores constantes nas mãos, e sempre depois que fica horas no computador ou celular, é o momento de procurar um médico ortopedista de mão.

E para que a condição não se agrave, como uma lesão por esforço repetitivo (LER), é melhor tomar medidas preventivas, e assim, nem vai precisar se submeter a um procedimento cirúrgico.

Quais as principais doenças que afetam a mão?

Fora os traumatismos, todos os elementos anatômicos da mão podem ser atingidos.

Veja, a seguir, uma lista com as principais doenças que podem afetar esse órgão:

Síndrome do túnel do carpo

A síndrome do túnel do carpo é causada pela compressão do nervo mediano no punho, causando dor, dormência e formigamentos.

É mais comum em mulheres após a menopausa, devido às oscilações hormonais que levam a um aumento de líquido no corpo, nesse caso específico, nos tendões no interior do túnel.

Artrose da mão

Como todas as outras articulações, a mão é sensível à lesão degenerativa, o que causa desgaste nas cartilagens.

Dependendo do grau da artrose, pode até levar à incapacidade funcional, pois atrofia as mãos e logo, impede os movimentos.

Geralmente vem acompanhada de dores e quem sofre de artrose de mão, pode apresentar uma deformação na articulação.

Artrite da mão

É caracterizada por uma inflamação da articulação, a qual é recoberta por uma membrana, chamada de membrana sinovial.

Assim, quando essa membrana está inflamada, há um aumento do volume do líquido articular, calor, dores, inchaço e rigidez ao mobilizar as articulações.

Apesar da artrite da mão poder afetar pessoas de todas as faixas etárias, é muito mais frequente em mulheres, especialmente após a menopausa.

Cisto sinovial na mão

É um tipo de patologia muito frequente, sendo caracterizada pela presença de nódulos, especialmente na área dos punhos.

O cisto sinovial surge quando o líquido da articulação extravasa e se acumula embaixo da pele.

Embora em alguns casos não cause dor, em outros, sim. Isso acontece em razão da compressão de outras estruturas que circundam o cisto, por exemplo, nervos e tendões.

Tenossinovite de Quervain

É um processo inflamatório dos tendões localizados na base do polegar, o que impede seu deslizamento suave.

Assim como a síndrome do túnel do carpo, é mais frequente em mulheres acima dos 40 anos ou durante a menopausa, por conta das alterações hormonais.

Doença de Dupuytren

Também chamada de fibromatose palmar, sendo caracterizada pela presença de nódulos na palma da mão, geralmente próximos ao dedo mínimo.

Embora não cause dor, com a evolução da doença, esses nódulos podem se unir uns aos outros, formando cordas, que vão da palma da mão aos dedos.

Consequentemente, a pessoa pode perder a capacidade de esticar os dedos.

Dedo em gatilho

Em termos médicos, dedo em gatilho é denominado Tenossinovite Estenosante, que é quando há um estreitamento dos tendões flexores na base dos dedos.

Se houver a formação de um nódulo sobre o tendão ou ocorrer um inchaço na bainha que o cobre, vai ficar comprimido nos túneis onde ele passa.

Assim, à medida que a pessoa mexe com os dedos, pode sentir um estalo ou um barulho na articulação. 

Dedo em martelo

O dedo em martelo se refere a uma deformidade do dedo que ocorre devido à ruptura do tendão extensor, que é o que estica o dedo.

Assim, a pessoa não consegue esticar a ponta do dedo, precisando de ajuda de outro dedo.

No local afetado, pode haver dor, inchaço e hematoma embaixo da unha.

Tenossinovite dos flexores dos dedos

É uma inflamação da bainha sinovial, que recobre os tendões, e quando o músculo contrai para movimentar os dedos, a pessoa sentirá dor, dificultando o movimento das mãos.

Lembrando que os tendões flexores dos dedos estão presentes na parte da palma das mãos.

Neuropatia periférica

A neuropatia periférica é causada pela disfunção dos nervos periféricos, podendo afetar um nervo ou vários diferentes.

Caracteriza-se por dor, dormência e fraqueza nas mãos e pés.

Dor na mão: qual médico procurar?

Se você sente uma dor na mão, talvez não seja nada, mas se persistir, o melhor é procurar um médico especialista em mão.

Por exemplo, uma tendinite nas mãos e punhos, causada pelo esforço repetitivo, se não for tratada, pode piorar o quadro e até mesmo ser necessária uma intervenção cirúrgica.

A dor na mão é um sintoma que pode ter origem em algumas doenças, por exemplo, artrite e síndrome do túnel do carpo, e apenas um profissional de saúde especializado em mão é capaz de tratar.

Como é o diagnóstico da dor na mão?

Se você sentir alguma dor na mão, deve procurar um médico ortopedista especialista em mão, e assim, fazer o diagnóstico mais preciso.

E com base no diagnóstico, o profissional vai orientar quanto ao melhor tratamento.

Por exemplo, se houver uma pancada, será preciso fazer um exame físico e exames, como uma radiografia da mão ou punho.

No entanto, dependendo do quadro, o médico pode solicitar uma ressonância magnética para fechar o diagnóstico.

Tratamento da dor na mão

O tratamento da dor na mão depende diretamente da doença, e apenas um médico qualificado em mão é capaz para indicar o tratamento mais eficaz.

De repente, uma simples fisioterapia ou uso de ortóteses imobilizadoras pode resolver, mas em casos mais graves, talvez sejam prescritos medicamentos anti-inflamatórios, corticoides ou imunossupressores, sempre com a orientação do médico ortopedista.

Qual especialidade médica que cuida de tendinite?

A tendinite é uma inflamação dos tendões, e geralmente é causada pelo uso excessivo da articulação.

No caso das mãos, existe um grupo de músculos que estendem os dedos e as mãos, e seus respectivos tendões passam pela parte dorsal das mãos.

Quando a tendinite se instala, pode haver o inchaço das estruturas nas costas das mãos, o que leva a dor ao movimentar os dedos e punhos.

Dessa forma, a especialidade médica que cuida da tendinite é o médico ortopedista especialista em mão.

Por que consultar um especialista em mãos?

Poderíamos aqui citar vários fatores para consultar um especialista em mãos, mas o principal é porque o profissional se especializou e estudou anos e anos para cuidar das mãos.

Além da faculdade de Medicina, é preciso fazer residência em Ortopedia e mais uma em Cirurgia de Mão.

Dessa forma, está preparado para tratar todas as estruturas das mãos, e se você está com suspeita de algum problema nas mãos, procure um médico ortopedista especialista em mãos.

Conheças as principais cirurgias da mão

Com base em todas as doenças listadas acima, em alguns casos a cirurgia é a principal indicação.

E o médico cirurgião de mão é um especialista que trata diversas patologias e traumatismos. 

Lembrando que a mão é um órgão muito funcional, mas que também tem uma importância na parte estética.

E quais as principais cirurgias da mão?

Cirurgia do túnel do carpo

O objetivo dessa cirurgia é descomprimir o túnel e soltar o nervo mediano.

É uma cirurgia relativamente simples, e os resultados são bastante satisfatórios, principalmente no que se refere à redução das dores.

Além disso, a descompressão do túnel do carpo ajuda a regenerar as fibras nervosas e melhorar a condução nervosa sensorial e motora.

Artroscopia da mão e punho

A artroscopia é indicada quando há uma lesão intra-articular, com a finalidade de reparar os ligamentos, seja em caso de lesão, de regiões ósseas, de cartilagens, assim como cistos sinoviais.

Cisto Sinovial

O cisto sinovial é um tumor benigno, cujo procedimento consiste na aspiração do líquido sinovial e no caso de o cisto surgir novamente, então, a indicação é cirurgia.

Dedo em gatilho

Geralmente, o repouso ou uso de órteses dão resultados, mas quando o tendão está mais comprometido, com travamento constante do dedo, o médico ortopedista pode recomendar a cirurgia.

Quanto tempo dura uma cirurgia de mão?

Na verdade, o tempo da cirurgia vai depender do tipo do procedimento cirúrgico, podendo ser mais simples ou mais complexo.

Além disso, a anestesia pode ser local ou geral, e isso também depende do tipo de cirurgia.

Como encontrar um médico cirurgião de mão?

Quando o assunto é saúde, é essencial encontrar um profissional habilitado e que tenha ampla experiência na área.

Hoje, basta uma simples pesquisa no Google e encontrar um bom profissional, mas é recomendável buscar o máximo de informações sobre ele.

Uma ideia é pedir indicações de amigos e familiares ou mesmo avaliar os comentários dos pacientes no site.

O mais importante é encontrar um especialista em mão em que você sinta confiança e que tenha experiência comprovada.

Conclusão

Com esse guia completo, com certeza, todas as suas dúvidas foram solucionadas, e dessa forma, vai ficar mais fácil no momento de encontrar um médico especialista em mãos.

Apenas lembrando que as informações listadas aqui não substituem a consulta com seu médico ortopedista de mão, pois somente ele é capaz de fazer o diagnóstico e indicar o tratamento mais adequado para o seu caso.